Como acertar na contratação do Buffet Do Casamento

Como acertar na contratação do Buffet Do Casamento

Dicas essências para você acertar na hora de escolher o Buffet

O buffet de casamento é tão importante quanto à cerimônia, por isso devemos escolher qual o melhor buffet e o estilo de festa que mais combina com os noivos. Abaixo iremos citar alguns estilos de festa para você se inspirar.

Quais os tipos de buffet ideais para um casamento?

Buffet Franco-Americano

Buffet Franco Americano

Este estilo de Buffet, é um serviço muito utilizado por especialistas em festas de casamento, se você é adepto ao dinamismo, esta opção pode ser útil para você e seus convidados.

A princípio, os  pratos quentes devem ser servidos com o auxílio de rechauds, nada mais é do que uma equipe especializada, treinada para servir exclusivamente a cada convidado, ou seja, o cliente escolhe o prato a seu gosto.

Coloca-se as sobremesas do mesmo modo que os pratos quentes, deixando o buffet mais prático.

Jantar Volante ou Menu Degustação

Buffet Jantar Volante
Jantar Volante

O menu degustação é o mais tradicional,  neste modelo o garçom deve movimentar-se pelo salão, e assim oferecer aos convidados as opções de:

●     Canapés;

●     Saladas;

●     Entradas;

●     Pratos quentes;

●     Sobremesas;

Este é um formato em que não há necessidade de  contemplar mesas, somente é necessário lounges e mesas bistrôs que são úteis para apoiar, as opções escolhidas devem seguir o  estilo de finger food, ou seja, com este estilo podemos comer com apenas um único talher, e assim não há necessidade de realizar cortes.

Embora façamos uso apenas de um talher nessa opção, ainda sim tem como servir iguarias muito sofisticadas, logo, é preciso somente modificar o modo como se apresenta o prato. O menu degustação é moderno e informal.

À inglesa

Buffet Jantar a Inglesa
Buffet à Inglesa

Comumente denominado de  “empratado”, lembra muito o famoso “À La Carte”, que muitos restaurantes costumam servir, este estilo já possui um cardápio definido.

Aqui, o anfitrião deve analisar o que será escolhido e servido como o prato principal, afinal será somente uma opção de jantar que os convidados terão.

Se for possível manter a  Tradição Italiana, e o anfitrião conseguir oferecer um primeiro e segundo prato, também chamado de  “Primo Piatto e Secondo Piatto”, os mesmos conseguirão conquistar a maioria dos convidados, e ainda colocar em uma das opções o prato quente.

Para conseguir conquistar todo mundo, você deve escolher um prato comum para o gosto de todos. Assim, não só a reunião estará mais agradável, mas também a visão dos pratos perante os convidados.

Caso você convidar um bom número de pessoas, você deve pensar em um serviço ágil e que atenda bem seus convidados, tanto na parte de servir como na alimentação preparada pelo buffet.

Por conta disso, esse modelo é conhecido como o clássico das festas de casamento. Mas, é importante lembrar, que você deve zelar pelo conforto de seus convidados, já que neste modelo especificamente, lounges e mesas bistrôs, não irão auxiliar no decorrer  do jantar.

À francesa

Buffet a francesa casamento
Elegante Buffet à Francessa

Este estilo é conhecido no mundo todo, por ser tradicional e detalhista, o jantar à francesa, exige que o garçom faça um trabalho exemplar e que atenda bem os convidados.

No serviço à francesa, o garçom deve servir na bandeja, os pratos e os convidados então podem se servir conforme a quantidade que desejarem.

A Monarquia Francesa, utilizou este modelo de jantar por muito tempo, não somente os garçons, mas também os convidados devem saber se servir nesse modelo de jantar.

Nos dias atuais, grande parte dos buffets não oferecem mais este tipo de serviço, devido a complexidade de sua execução.

E quais os cuidados devemos ter quando contratamos um buffet?

Agora que você já sabe quais os tipos de buffet para casamento, se você quer uma boa festa, você deve ter alguns cuidados, confira:

●     Peça referências;

●     Compare preços;

●     Análise o histórico;

●     Não compre por impulso;

Incríveis Ideias de Decorações Rusticas Para Cerimônias Na Praia

Incríveis Ideias de Decorações Rusticas Para Cerimônias Na Praia

Tendências de decoração rusticas para cerimônias na praia

Tendências de decoração rusticas para cerimônias na praia
Decoração rusticas para cerimônias na praia

Casar na praia é o sonho de muitos casais e cada um quer fazer desse acontecimento algo único e especial. Os primeiros casamentos na praia seguiam a linha tropical, no entanto hoje em dia a moda é inovar e trazer um pouco do rústico para a decoração.

Com um pouco de criatividade é possível criar uma decoração para casamento na praia que seja ao mesmo tempo leve, romântica e com um visual rústico. Vamos ver como é possível deixar tudo isso em sintonia!

A PRAIA PODE SER O SEU FORNECEDOR

O que pode ter de mais rústico e natural que uma decoração que use os elementos da própria praia? Conchas e estrelas do mar podem ser a base para a criação de uma decoração incrível e muito criativa.

noiva ao lado de decoração
Decoração rustica casamento na praia

Em conjunto com outros elementos com outros elementos como folhas, flores, palhas, sua decoração de casamento pode ficar original e muito linda!

Outra dica é usar Redes de pescadores, barcos e adicionar elementos suspensos, não só na decoração da cerimônia, mas também no salão onde será a recepção , mantendo assim seus convidados no clima praiano.

Outras duas grandes amigas para quem deseja uma linda decoração rústica na praia é a Palha e a Juta. Essas duas belezinhas podem ser usadas em bandejas, lembrancinhas, pratos, nos convites, objetos decorativos e onde sua imaginação mandar.

decoração de casamento feita com caixotes
Caixotes em decoração para casamento

MOBÍLIA RÚSTICA

Claro que se tratando de uma decoração rústica não podemos deixar de fora a mobília. Parte essencial para harmonizar todo o ambiente. Pode ser em madeira ou rattan.

Se desejar levar o rústico ao nível mais extremos utilize caixotes, móveis antigos (ao natural) e deixe tudo com um clima de casa de praia.

TENDAS

A recepção pode ser em clima de luau, com um buffet havaiano e tendas na praia. Mas se optar por receber os convidados ali mesmo na areia da praia, pense naqueles que não se adaptam bem a um espaço assim alternativo.

Uma boa solução é alugar uma casa próximo ao local para servir como refúgio.

O Espaço Âncora disponibiliza o conforto necessário para que seus convidados possam ter um lugar para utilizar o banheiro, se proteger do vento e também para abrigar os mais velhos que não desejam confraternizar na beira da praia.


Praia do Peró recebe certificação internacional Bandeira Azul

Praia do Peró recebe certificação internacional Bandeira Azul

A busca por locais que reúnem características únicas é uma tendência das famílias modernas, que têm o intuito de passar momentos especiais com pessoas queridas.

Como principais opções, tem-se os espaços naturais, os quais mantém sua originalidade com os elementos da fauna e da flora local.

Nesse âmbito, a Praia do Peró, localizada na cidade de Cabo Frio (Rio de Janeiro) apresenta-se como uma excelente opção para quem deseja ter esses momentos especiais em família, marcada pela presença da natureza. Possui 7,2 km de extensão, ostentando um rico ecossistema, por ser frequentada por espécies endêmicas (nativas da região).

Com temperaturas que dificilmente ultrapassam a casa dos 30 ºC, mesmo no verão, a região se localiza a 8 km do centro, e abriga dunas de areia branca e fina, constituindo um visual maravilhoso para que uma experiência incrível possa ocorrer.

Além disso, a Praia do Peró configura-se como o maior nicho de Pau-Brasil do estado do Rio de Janeiro, tendo apenas 1 km de extensão urbanizada e totalmente pavimentada.

É classificada como uma Área de Proteção Ambiental, sendo parte integrante do Parque Estadual da Costa do Sol.

Por ostentar águas cristalinas e ser considerada a praia mais limpa da Região dos Lagos, segundo o Inea (Instituto Estadual do Ambiente), a Praia do Peró recebeu, em setembro de 2018, o título Bandeira Azul, o certificado internacional de controle de qualidade de praias, marinas e embarcações.

O Programa Bandeira Azul

Esse título foi criado em 1987, através da iniciativa da União Europeia (UE) de certificar os melhores locais marinhos administrados pelo ser humano.

Em 2001, deixou de avaliar apenas praias europeias, e foi expandido para o mundo. No Brasil, o programa foi iniciado apenas em 2004.

Assim, a Bandeira Azul, hoje, é atribuída anualmente pela Fundação para a Educação Ambiental (FEE), sendo operada, no Brasil, pelo Instituto Ambientes em Rede (IAR), com sede em Florianópolis, Santa Catarina.

Podem receber o título embarcações, praias e marinas que satisfazem uma série de requisitos para controle da qualidade ambiental, dentre eles:

A segurança, fator indispensável para um bom aproveitamento das praias, tanto no sentido de evitar roubos e furtos, quanto na manutenção da integridade física de banhistas e surfistas.

O bem-estar, proporcionado pela ótima experiência e existência de infraestruturas de apoio, como salva-vidas preparados e bem distribuídos ao longo de praias e marinas.

A qualidade da água, comprovada pela ausência de lixo e outros dejetos, bem como a característica cristalina que as águas da Praia do Peró possuem.

A informação e educação ambiental, uma qualidade marcante na comunidade do bairro do Peró, o que possibilita a conservação do meio ambiente local.

Com tais requisitos atendidos, a praia é aprovada a nível nacional por um júri especializado, podendo ser indicada para um júri internacional, composto por profissionais da Fundação para a Educação Ambiental e de um representante da Comissão Europeia.

Para que uma praia receba o título da Bandeira Azul, portanto, existe um procedimento específico para adesão.

Esse documento aponta como sendo responsabilidade do município a candidatura da praia, devendo ser assinada pelo prefeito.

Para que seja aprovada, porém, necessita de um esforço conjunto de todos os envolvidos na localidade, desde os moradores, as empresas, a comunidade, até as ONGs existentes na cidade.

Após a solicitação feita, é realizada uma visita técnica pelo Instituto Ambientes em Rede, que visa à verificação dos critérios exigidos.

Assim, a praia, ou marina, é avaliada sobre a possibilidade de iniciar a fase piloto.

Quando ela atende aos requisitos mínimos, esta é iniciada. Com isso, a localidade tem um período de 2 anos para se adequar a todos os critérios exigidos, podendo ter o tempo reduzido caso cumpra os requisitos com antecedência.

Embora os critérios tenham se tornado ainda mais exigentes, a Praia do Peró obteve êxito nessa empreitada, a qual, junto com apenas outras 8 praias e 5 marinas brasileiras – localizadas nos estados de São Paulo, Santa Catarina, Rio de Janeiro e Bahia -, possui o certificado Bandeira Azul.

E é nesse local que está localizado o Espaço Âncora.  

O Espaço Âncora

Com uma área de 250 m² e capacidade para até 200 pessoas sentadas, possui uma linda vista da Praia do Peró.

Dessa maneira, o Espaço Âncora pode ser utilizado tanto de dia como de noite, para almoços, jantares, reuniões empresariais e familiares, aniversários e principalmente casamentos.  

Para tanto, apresenta uma área coberta, com um ambiente agradável e tranquilo, por ser localizada longe de grandes centros urbanos.

O Espaço Âncora dispõe de dois ambientes, sendo o externo uma zona ajardinada, um bar, uma pista de dança e uma cozinha industrial, para realização de buffets, bem como o estacionamento.  

Aliando o serviço diferenciado com o selo de qualidade da praia na qual se encontra, o Espaço Âncora é ideal para eventos importantes na vida de quem procura por momentos únicos.

A opção por esse local já foi feita por diversas pessoas que procuraram experiências originais, sempre o qualificando com um índice de aprovação muito próximo do máximo.

Assim, com o certificado Bandeira Azul, o espaço para eventos é ainda mais indicado para qualquer comemoração, pois une o cuidado com o meio ambiente e as belezas naturais para conceber um lugar único, que certamente deixará a sua marca na vida do cliente.


Cerimônia das Areias

Cerimônia das Areias

Uma Linda Opção de Celebração para Casamentos na Praia

A celebração da união matrimonial é um momento singular na vida do casal, de familiares e de padrinhos. Assim, muitos casamentos possuem um toque que os tornam únicos, como a execução de uma canção marcante para o casal por uma banda ao vivo, a confecção de lembrancinhas úteis e originais, e até mesmo a utilização de veículos alternativos para chegar ao local da festa.

Nesse contexto, a Cerimônia das Areias é uma prática que tem se tornado muito comum nas celebrações atuais, pois combina a personalidade dos noivos com a representatividade da união conjugal.

Tal cerimônia consiste na colocação de diversas colorações de areias em um recipiente, de modo que o resultado seja um objeto único, o qual representa a união eterna do casal, já que as areias jamais poderão ser separadas por completo.

Cerimônia das Areias
Cerimonia das areias em casamento na praia

A origem

Diversas hipóteses foram apresentadas para justificar a origem dessa especial maneira de celebrar o matrimônio, embora ainda não haja um consenso sobre seu início.

Uma das mais aceitas é a de que nativos do Havaí, em cerimônias realizadas na praia, pegavam um punhado de areia e depositavam, juntos, em um jarro sobre o altar.

Outra suposição aponta como sendo um costume originário dos índios apaches americanos, os quais uniam areias coloridas numa tigela durante a cerimônia de casamento;

Por fim, há quem acredite que a tradição foi herdada de povos antigos. Nessa hipótese secular, cada cônjuge trazia consigo uma porção de terra, retirada de seu local de nascimento, a qual era depositada em um novo receptáculo.

Independente da origem, fato é que essa prática simboliza um dos principais pontos do casamento: a união de diferentes naturezas a fim de constituir um vínculo eterno.

Características

A Celebração das Areias pode ocorrer tanto em locais fechados quanto abertos, porém há uma preferência por lugares ao ar livre, principalmente praias.

Além disso, ela independe de crenças religiosas, sendo muito utilizada quando os parceiros ou familiares praticam religiões diferentes. Dessa maneira, não possui restrições relevantes, sendo altamente adaptável, o que exige muita criatividade por parte dos envolvidos.

Nesse sentido, essa celebração constitui uma cerimônia personalizada, juntando o amor, o companheirismo, a parceria e a amizade dos cônjuges ao preencher a vasilha com as diferentes areias – representativas do tempo e das experiências do casal.

Dessa forma, cada solenidade é desenhada de acordo com a história dos devotados, propiciando um momento inigualável para padrinhos, pais e convidados.

Portanto, sendo a principal proposta dessa celebração a descrição da história dos noivos por meio de símbolos, as areias coloridas são essenciais. Nesse aspecto, cada cor tem seu significado, sendo depositadas no recipiente mediante falas relacionadas do celebrante.

As cores

Do mesmo modo que existem diversos conceitos relacionados ao uso das cores para decoração e escolha de roupas, por exemplo, a ideia também se aplica à Cerimônia das Areias. Com o procedimento da deposição de diferentes cores de areia, cada coloração carrega um contexto de significados, os quais contribuem para a criação do resultado final:

O preto está associado à ideia de mistério e fantasia, considerado como representante da sofisticação, luxo e dignidade. Desse modo, é característica de casais modernos e observadores das últimas tendências.

O branco associa-se à ideia de paz, calma e pureza. É muito recomendada para a manutenção de um relacionamento tranquilo.

O vermelho é a cor da paixão e do sentimento. Simboliza o amor, o desejo, características muito presentes em casais.

O verde significa vigor, juventude, frescor, esperança e calma. Tem o desígnio de manter a jovialidade viva nos esposos.

O amarelo transmite calor, luz e descontração. Simbolicamente está associado à prosperidade. Além disso, é considerada uma cor energética, que exalta o otimismo.

O azul é a cor do céu, do espírito e do pensamento, sendo muito simbólica para o momento solene. Contém a ideia da lealdade, da fidelidade, da personalidade e da sutileza, além de projetar sonhos a serem cumpridos.

O castanho é a cor da Terra. Essa cor transmite maturidade, consciência e responsabilidade. Também significa o conforto, a estabilidade, a resistência e a simplicidade, proporcionando a segurança pelo bem-estar dos envolvidos.

O lilás significa espiritualidade e intuição. Tem o objetivo de exaltar os instintos e as crenças dos cônjuges.

O rosa significa beleza, saúde, sensualidade e também romantismo. Junto com o vermelho, simboliza a parcela mais afetiva do relacionamento.

O dourado está simbolicamente associado ao ouro e à riqueza. Representa a estabilidade financeira e o potencial para novas empreitadas.

A celebração

A Cerimônia das Areias pode ocorrer antes ou após a entrega das alianças. Para sua realização, é necessária a presença de um vaso maior – normalmente de cristal – no altar, onde serão depositadas as areias, bem como os frascos contendo as diversas colorações.

A solenidade é iniciada com uma declaração do celebrante. Em seguida, os pais da noiva entornam sua areia no vaso. Logo após, é a vez dos pais do noivo, também despejando sua parte, todos acompanhados por explicações relativas ao significado de cada cor depositada, feitas pelo celebrante.

Posteriormente, os casais de padrinhos fazem sua contribuição.

Por fim, os noivos selam o vasilhame preenchendo, ao mesmo tempo, a área restante com as últimas porções de areia, concluindo a composição que representa sua união eterna. Na maioria das ocasiões, essa ação é acompanhada da seguinte frase: “Assim como não dá para separar os grãos de areia, que o amor do casal também seja inseparável”.

Outra maneira de realizar a celebração é com a participação apenas do casal. Nessa modalidade, cada noivo escolhe uma cor para os grãos de areia, e deposita-os simultaneamente na vasilha de vidro. Por exemplo, azul para o homem e rosa para a mulher, ou dourado para o esposo e branco para a noiva.

Independente da quantidade de pessoas envolvidas na ação de colocar areia no recipiente, o resultado é extraordinário. Forma-se uma obra de arte única, um lindo objeto de decoração para o lar.

Assim, a cerimônia constitui um momento singular, marcado pela participação de pessoas importantes para o casal, carregada de significados, e que origina uma lembrança incomparável: a união eterna dos devotados, simbolizada pela combinação inseparável das areias.


Decoração Para Casamento na Praia

Decoração Para Casamento na Praia

Diversas opções de decoração para quem vai casar na praia!

Cada sonho é de um jeito, não existe noiva igual, todo casamento é único… quem nunca ouviu essas frases? É justamente por isso que sempre vão existir mil maneiras de se realizar uma decoração de casamento na praia.

Vamos aqui mostrar algumas opções para a decoração para tornar o seu dia ainda mais inesquecível.

Decorar sem decorar  – sim é possível realizar um casamento na praia sem nenhuma decoração, apenas tendo como cenário de fundo a vista para o mar. Pode parecer simples demais no entanto dependendo do local escolhido não há nada mais lindo do que a própria natureza e qualquer decoração que você coloque ali vai apenas “poluir” o visual.

Um portal – Três Madeiras formando uma porta decorada com flores é o que chamamos de Portal. Essa é uma opção bastante utilizada para quem quem deseja algo bem simples e bonito. Caso venha ter o celebrante coloca-se também um aparador para auxiliar a celebração e compor a cena.

Arco de flores – Parecido com o portal, mas feito com uma única madeira em forma de arco, essa decoração pode parecer simples, mas dependendo do tipo e número de flores utilizada para cobrir todo o arco, ela pode sair a mais cara de todas. Essa decoração ainda está no imaginário de muitas noivas por ter sido talvez o primeiro tipo utilizado em casamentos ao ar livre.

Gazebo – E temos a opção da colocação de um Gazebo. Que é uma espécie de mini tenda que pode ser decorado com flores ou com véu ou da forma que você imaginar. Existem vários tipos de gazebos. A variedade é tão grande que seria impossível de relacionar aqui. Tamanhos, formas e cores. Você vai encontrar um que combine perfeitamente com seu sonho

CONFORTO DOS CONVIDADOS

Além da estrutura destinada a celebração do casamento é preciso também pensar na decoração dos assentos para os seus convidados. E é claro que você vai querer dar o seu toque pessoal neste item também.

Cadeiras – A opção mais básica é a utilização de cadeiras que podem ser vime, de madeira ou até mesmo de plástico, apesar de não ser muito utilizada. Para decorar usa-se flores, véus, conchas, tudo combinando com a decoração do espaço de celebração. É importante que tudo tenha harmonia.

Bancos – A utilização de bancos, principalmente os de madeira, confere um charme especial ao ambiente de um casamento na praia por sua informalidade e despojamento. Para  decorar os bancos segue-se basicamente a mesma linha da decoração das cadeiras com o uso de flores e véu. Para dar mais conforto aos convidados é bacana colocar uma almofada.

Uma dica importante com relação ao uso de bancos é para que tome cuidado com a duração da cerimônia. Pois como os bancos não possuem encosto, pode causar desconforto para seus convidados caso eles tenham de permanecer muito tempo sentados, principalmente os mais velhos.

Mesas e cadeiras – Por fim pode utilizar mesas com cadeiras, dando assim maior conforto a seus convidados. Bom para quem tem um número bem reduzido de convidados e pretende servir algo ali mesmo, no local, durante a celebração.

Outras dicas importantes para quem vai casar na praia

– Temperatura e horário – Como se trata de um lugar a céu aberto, é importante pensar no mês em que escolherá para celebrar a sua união. Meses de verão, por exemplo, são mais sujeitos a chuvas no final da tarde. Se desejar se casar ao pôr do sol, pesquise em sites de meteorologia e insira-se no cenário perfeito que você sempre sonhou. Pense também que uma temperatura agradável fará o momento mais gostoso.

– Faça um roteiro para seus convidados – Nada pior do que se perder a caminho de uma comemoração. Mesmo que hoje em dia exista GPS, Waze e vários outros programas e aplicativos de localização, é interessante que no convite haja um mapa do local e as principais vias para chegar onde será realizada a cerimônia. Caso haja a opção de pernoitar no lugar, essas informações também devem ser passadas aos convidados.

Para Casamento em Cabo Frio, principalmente os realizados na praia do peró, temos as dependências dos Flats Âncora.

– Escolha um cardápio leve – Casamento na praia normalmente é realizado em épocas de calor. E calor não combina com comidas muito fortes ou pesadas. O ideal é escolher pratos que combinem com a estação e o ambiente. Existem buffets especializados nessas ocasiões. Escolha o que mais combina com você e vá em frente.

– Acessórios – Se a comida deve condizer com a estação e o ambiente, os pormenores da cerimônia então, nem se fala. Escolha um vestido leve, sapatos sem salto, buquê e arranjos de flores naturais.

– Lembrancinhas – Invista em lembrancinhas para os seus convidados que remetam à temática do casamento na praia. Chinelos, leques, miniaturas de protetor solar, dentre outros são algumas ideias.


Pin It on Pinterest

WhatsApp Use o WhatsApp!